Ação do MPGO levou CNJ a determinar demissão de médico do TJ acusado de assédio

Atuação do Ministério Público de Goiás (MPGO) levou o Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a aplicar a sanção de demissão ao médico do trabalho Ricardo Paes Sandre, servidor do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO). O CNJ avocou o Processo Administrativo Disciplinar (PAD) em tramitação no TJGO e proferiu a decisão em julgamento realizado nesta tarde (28/9).Continuar lendo “Ação do MPGO levou CNJ a determinar demissão de médico do TJ acusado de assédio”