Não cabe mais a glamourização de ser workaholic

Benito Pedro Vieira Santos Esse tema é polêmico, pois, nos últimos anos houve, de uma forma quase que natural, um processo de glamourização do excesso de trabalho. Foi se tornando cada dia mais comum, aceitável e, na verdade, desejável, ser um profissional que ostenta o título de 24×7, que pode ser acionado a qualquer momentoContinuar lendo “Não cabe mais a glamourização de ser workaholic”