Real Time Big Data: Caiado lidera em Goiás com 37%; Marconi Perillo tem 20%

Da Redação

Pesquisa quantitativa da Real Time Big Data traz o atual governador de Goiás, Ronaldo Caiado (UB), na liderança da corrida ao governo do Estado com 37% das intenções de voto. Com a confirmação de sua candidatura, Marconi Perillo (PSDB) aparece na segunda posição, com 20%, tecnicamente empatado com Gustavo Mendanha (Patriota), que tem 19%. Na sequência, aparecem Major Vitor Hugo (PL), com 10%, Wolmir Amado (PT), com 5%, e Cintia Dias (PSOL), com 1%. Os candidatos Helga Martins (PCB), Edigar Diniz (Novo), André Antonio (PROS) e Reinaldo Pantaleão (UP) não pontuaram. Brancos, nulos e indecisos somam 8%.

A avaliação positiva da gestão Caiado subiu em relação à pesquisa anterior, de junho: 56% aprovam seu governo, 37% desaprovam e 7% não souberam responder. Para 45% dos entrevistados, a sua gestão é ótima/boa, 28% a consideram ruim e 22% avaliam como regular. Os que não souberam responder somam 5%.

“A confirmação da candidatura do ex-governador Perillo ao executivo e sua desistência ao Senado é o fato novo que provoca movimentação no tabuleiro eleitoral. Ele ganha tração na corrida para o governo e, ao mesmo tempo, embaralha o cenário para o Senado, disputa que liderava. Ainda não está claro para quais candidatos os seus votos migrarão”, diz Lucas Thut Sahd, diretor da Real Time Big Data.

Indefinição também na disputa ao Senado entre Delegado Waldir (União), Wilder Morais (PL), João Campos (Republicanos) e Alexandre Baldy (PP), que aparecem em empate técnico, com 15%, 10%, 9% e 8%, respectivamente. Mais atrás e empatados estão os candidatos Luiz do Carmo (PSC), 3%, e Lissauer Vieira (PSD), 2%. Leonardo Rizzo (Novo), Denise Carvalho (PCdoB), Manu Jacob (PSOL) e Delegado Eduardo Rodovalho (PROS) têm 1% cada um. O candidato Cristiano Cunha (PV) não pontuou. O índice de entrevistados que declararam votar branco, nulo ou que não souberam responder somam 49%.

O Real Time Big Data também simulou um segundo cenário ao Senado sem o Delegado Waldir (União). Nesse caso, Wilder Morais (PL), Zacharias Calil (União Brasil), João Campos (Republicanos) e Alexandre Baldy (PP) aparecem tecnicamente empatados, com 10%, 10%, 9% e 9%, respectivamente. Nas posições seguintes estão Luiz do Carmo (PSC) e Lissauer Vieira (PSD), com 3%, Leonardo Rizzo (Novo), com 2%, Denise Carvalho (PCdoB), Manu Jacob (PSOL) e Delegado Eduardo Rodovalho (PROS) com 1% cada um. Cristiano Cunha (PV) não pontuou. Os entrevistados que optaram pelo voto branco e nulo ou que não souberam responder somam 51%.

A pesquisa entrevistou por telefone 1.500 eleitores em Goiás, entre os dias 26 e 27 de julho. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. O levantamento está registrado no TSE sob o número GO-08274/2022.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s