Instituto Paranaense de Direito Eleitoral também emite nota contra declarações golpistas de Bolsonaro

Da Redação

Assim como outras entidades, o Iprade emitiu nota contra declarações fantasiosas de Bolsonaro a embaixadores.

“NOTA DE REPÚDIO

O Instituto Paranaense de Direito Eleitoral (Iprade) tem como missão
fundamental a defesa do Estado Democrático de Direito e o aprimoramento da
democracia em nosso país. Em função desse compromisso histórico, a entidade
repudia com toda a contundência as posturas e atos antidemocráticos do
Presidente da República, Jair Bolsonaro, ao repetir, novamente, de maneira
irresponsável e sem qualquer base factual, os ataques ao sistema eletrônico de
votação do Brasil, à toda Justiça Eleitoral, e especialmente ao Tribunal Superior
Eleitoral (TSE) e os Ministros Edson Fachin, Roberto Barroso e Alexandre de
Moraes.

Mais do que irresponsável, essa conduta é inaceitável. Foi por meio desse
sistema de votação, exemplo brasileiro para o mundo, que o próprio chefe do
Executivo chegou não só à Presidência, mas a vários mandatos de deputado
federal. Do mesmo modo seus familiares e aliados têm sido eleitos e reeleitos.

Nunca, em 25 anos de funcionamento e após inúmeras auditorias, testes,
impugnações e toda as formas de auditagem e checagem, se detectou uma
única fraude em um único voto em todas essas inúmeras e sucessivas eleições.
Tal sistema tem viabilizado a alternância de poder entre grupos políticos
adversários, fazendo plenamente eficaz os princípios constitucionais da
integridade, fidedignidade, valor igual e segredo do voto. O sistema de votação
eletrônica vem sendo ao longo de décadas exemplo do Brasil para o mundo.

Os ataques reiterados e intensificados no último dia 18 de julho exigem de toda
a cidadania brasileira e de seus líderes uma defesa intransigente e racional. Mais
do que o próprio sistema eletrônico, o que restou afetada foi a própria condição
do nosso país como um República Democrática de Direito, onde as instituições
funcionam. Os prejuízos para o posicionamento do nosso país no concerto das
nações são incalculáveis.

Diante desse contexto, o Iprade e seus integrantes repudiam tais atos que
colocam o sistema democrático brasileiro em situação de extrema
vulnerabilidade e conclama toda a sociedade brasileira a estar atenta. A
democracia é conquista inegociável.
Curitiba, 19 de julho de 2022

Ana Carolina de Camargo Clève
Presidente do IPRADE”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s