Federação Goiana se une à CMB na defesa pelo setor filantrópico

Da Redação

A defesa do setor filantrópico de saúde, que tem a CMB (Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas) como liderança nacional, se fortalece com a chegada de mais uma federação, unindo-se a outras 18 já representadas pela entidade. Na última terça-feira (5), representantes de Santas Casas e hospitais filantrópicos goianos aprovaram, por unanimidade, a criação da Federação Goiana das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos.

Em Goiás, as instituições filantrópicas disponibilizam 1,5 mil leitos, ponto importante que culminou na aprovação da criação da Federação Goiana.

No passado, o estado já contou com uma Federação, mas que acabou sendo extinta. A recriação teve total apoio do presidente da CMB, Mirocles Véras, e do diretor-geral, Mário César Homsi, que também participaram da reunião que anunciou a nova fase.

“A união do setor é fundamental e a criação da Federação Goiana contribui significativamente para o fortalecimento da representatividade da área filantrópica. A CMB está pronta para representá-la e para atuar em defesa das entidades de todos os portes, com o reforço dessa chegada”, falou Véras, acrescentando que a meta é chegar a 20 federações ainda neste ano. A CMB representa 1.824 Santas Casas e hospitais filantrópicos em todo o Brasil, que atendem 50% da demanda de média complexidade do SUS (Sistema Único de Saúde) e mais de 70% da alta complexidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s