Deputados pressionam Câmara para investigar o desaparecimento de indigenista e jornalista no Vale do Javari

Da Redação

O líder do Partido Verde na Câmara dos Deputados, Bacelar (PV/BA), assinou requerimento de criação de Comissão externa para auxiliar nas investigações, in loco, ao indigenista Bruno Araújo Pereira e ao jornalista Dom Phillips, do The Guardian, que desapareceram quando realizavam apuração na região do Vale do Javari, no último domingo. 

A localidade, que compreende municípios como Atalaia do Norte e Tabatinga, é uma área de grandes disputas entre garimpeiros e indígenas e ribeirinhos, sendo uma área de conflito flagrante. A região do Vale do Javari há anos vem sendo alvo de disputas de facções criminosas e atividades clandestinas, seja por garimpo ou extração ilegal de madeira e bens da terra indígena. 

A Comissão externa tem por objetivo realizar diligências dos parlamentares no local do fato ocorrido. O requerimento agora segue para aprovação em Plenário. Assinam deputados da Federação Brasil da Esperança (PT/PV/PCdoB). 

Na avaliação do deputado Bacelar, o governo Bolsonaro tem minimizado a situação e a atuação do Legislativo será importante para evitar que outros casos, como este, aconteçam. “O Vale do Javari fica na fronteira e, por isso, é conhecido pelo garimpo ilegal e pela exploração clandestina de recursos dentro de terras indígenas. A ONU e entidades internacionais já fizeram recomendações sobre invasões indevidas e pediram providências do estado brasileiro”, comenta Bacelar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s