Bolsonaro ironiza vaias a Caiado

Henrique Gessil

O candidato do Centrão à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), ironizou, hoje, em encontro com apoiadores, as vaias recebidas pelo governador Ronaldo Caiado (União Brasil) quando tentava discursar em evento com agricultores em evento de entrega de títulos de terras realizado em Rio Verde no dia 20 de abril. “Ele colhe o que planta. Político colhe o que planta”, disse Bolsonaro ao ser questionado por uma apoiadora. As informações estão no Metrópoles.

Caiado foi aliado de primeira hora de Bolsonaro, e um grande defensor do mandatário em Goiás. As relações entre os dois começaram a azedar no início da pandemia de covid-19. Médico, Caiado foi um dos primeiros governadores a criticar as investidas negacionistas do rebanho bolsonarista contra as medidas sanitárias para conter a pandemia.

Em um episódio emblemático, o governador saiu às ruas para criticar, pessoalmente, com um megafone do próprio movimento, as aberrações ditadas pelos bolsonaristas. “Eu não preciso do seu voto”, disse Caiado quando confrontado pelos manifestantes, que eram contra o fechamento do comércio, o uso de máscaras e a vacinação.

Nunca mais a amizade fraterna com Bolsonaro foi a mesma. Pelo contrário, como faz com todos os que ousam contestar suas sandices, Bolsonaro passou a hostilizar Caiado sempre que era possível.

Esse foi apenas mais um capítulo da desilusão de ex-bolsonaristas com o destruidor de reputações. Como disse Bolsonaro, cada um colhe o que planta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s