Hospital Estadual Centro-Norte Goiano realiza primeira cirurgia de correção de varizes

O Hospital Estadual Centro-Norte Goiano (HCN), localizado no município de Uruaçu, realizou sua primeira cirurgia para insuficiência venosa crônica, popularmente conhecida como varizes, em uma paciente do sexo feminino de aproximadamente 60 anos. Com isso, a população da região e de cidades do entorno tem uma nova oferta cirúrgica no complexo, desta vez voltada a este problema vascular que, segundo estatísticas da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), afeta cerca de 38% dos adultos no Brasil.

“A cirurgia dura em média de 1h30 até cerca de 2h. Nossa primeira paciente foi uma senhora que trabalhou muito em pé, durante toda a sua vida. Devido ao diagnóstico, ela sentia muitas dores e cansaço. Então, com certeza, essa cirurgia trará muitos benefícios para o bem-estar diário dela, pois haverá uma redução desses sintomas e ela conseguirá fazer suas atividades do dia a dia de forma mais tranquila”, explica o médico Bruno Campos Coelho, cirurgião vascular responsável pelo procedimento realizado na paciente do HCN.

Segundo o especialista, durante o pós-operatório, o paciente que é submetido a esse procedimento não encontra grandes dificuldades. “É um pouco delicado apenas devido às dores iniciais logo após a cirurgia e para caminhar. Mas, teoricamente, é tranquilo, pois a intervenção cirúrgica não envolve a abertura de nenhuma cavidade do corpo, como, por exemplo, da barriga ou do tórax. Então, o organismo responde muito bem e a recuperação é rápida”, ressalta.

O médico completa: “Nos primeiros dias do pós-operatório, o paciente é orientado a ficar mais com as pernas para cima de repouso, pedimos também para que evite tomar bastante sol. Contudo, em pouco tempo, ele já pode ir voltando à sua rotina normal”, pontua.

Mais assistência

Desde sua inauguração, em dezembro de 2021, o HCN está ampliando suas especialidades cirúrgicas. Atualmente, mais de 570 procedimentos já foram realizados na unidade. Nesse sentido, a direção do complexo reforça a importância do hospital na assistência à saúde da população goiana.

“É muito importante ter um hospital de alta tecnologia e com grande índice de resolutividade, que atende diversos casos de média e alta complexidade, em uma região como o Centro-Norte Goiano. Diariamente, atendemos inúmeros pacientes com os mais variados diagnósticos e proporcionamos a essas pessoas acolhimento e atendimento de qualidade humanizado”, destaca Getro de Oliveira Pádua, diretor do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (Imed), organização social que administra o HCN.

Novidade

Vale ressaltar ainda que, em breve, a unidade terá outra novidade para dar assistência médica e cirúrgica para gestantes de alto risco, pois irá inaugurar um Centro Obstétrico. “Nós teremos uma estrutura física com todos os equipamentos cirúrgicos necessários para atender a essas pacientes, além de uma equipe multiprofissional com especialistas para dar todo o suporte necessário”, encerra João Batista da Cunha, diretor assistencial do HCN, reforçando que, em pouco tempo, poderá trazer mais informações sobre o assunto.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s