CDL Goiânia inicia campanha para arrecadação de lixo eletrônico

 A CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) Goiânia, em parceria com a empresa Desctec, começa a implementar a partir desta segunda-feira (21) um projeto voltado para o descarte e reciclagem de resíduos eletrônicos. Inicialmente, serão distribuídos containers em oito pontos espalhados pela Região Metropolitana da capital para que seja feita a coleta dos materiais. Lojistas interessados em participar da iniciativa poderão entrar em contato com a CDL e cadastrar a loja para que ela se torne um posto fixo de recolhimento. 

O projeto tem o apoio do Sicoob Lojicred e faz parte das ações da CDL Verde e CDL do Bem, que buscam apoiar e implementar iniciativas socioambientais e filantrópicas. O valor arrecadado com a venda dos recicláveis será revertido em cestas básicas que serão doadas às instituições de caridade locais. 

Para o presidente da CDL Goiânia, Geovar Pereira, a iniciativa, que já é aplicada na própria entidade há muitos anos para dar fim correto ao lixo eletrônico, é uma tendência que precisa estar cada vez mais presente na agenda do setor produtivo. “Já passamos do tempo em que a pauta ambiental era assunto distante. Hoje faz parte do planejamento estratégico de qualquer grande empresa e precisa também fazer parte da vida do cidadão. Como entidade que representa o comércio, temos a obrigação de ajudar a fomentar”, explica. 

Dário Ferrari, sócio da Desctec, defende que projetos voltados para o meio ambiente precisam ganhar atenção das instituições. “Os equipamentos eletrônicos são substituídos à medida que novas tecnologias vão surgindo e o lixo que essa movimentação gera tem o potencial de trazer prejuízos incalculáveis. Quando importantes entidades do setor produtivo abraçam as causas ligadas à sustentabilidade, o peso é muito maior e transmite uma mensagem positiva para a população,” defende.

Um levantamento disponibilizado no relatório The Global E-waste Monitor 2020 mostrou que somente no Brasil são produzidos anualmente cerca de 2 milhões de toneladas de lixo eletrônico. Em Goiânia, calcula-se que sejam geradas 1,5 toneladas, segundo a Desctec. 

O que pode ser reciclado? 

Monitores, celulares, modems, tablets, CPU’s, câmeras fotográficas, impressoras, estabilizadores, pilhas ou eletroeletrônicos (exceto linha branca) podem ser doados, sejam eles completos ou desmanchados. Para ofertar os recicláveis não será necessário marcar horário. Toda a população pode participar.

Veja alguns pontos de coleta: 

  • CDL Goiânia – Rua, 8, 624 – St. Oeste, Goiânia – GO.
  • Sicoob Lojicred Sede – Rua 1, n° 144, Setor Central, Goiânia – GO. 
  • Fujioka – Av. Assis Chateaubriand, 500 – St. Oeste, Goiânia – GO.
  • Fujioka – Av. T-9, 3267 – QD 267 LT 04 – Jardim América, Goiânia – GO.
  • GoiásFomento – Av. Goiás, Nº 91 – St. Central, Goiânia – GO.
  • Flávio’s Calçados – Av. 24 de Outubro, 1383 – St. Campinas, Goiânia – GO.
  • Óticas Brasil – R. 9, 2106 – St. Marista, Goiânia – GO.
  • Novo Mundo – Av. da Igualdade, 117 – St. Garavelo, Aparecida de Goiânia – GO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s