Após revolta de moradores com aumento do IPTU, Sindilojas também cobra mudanças no Código Tributário de Goiânia

O Sindilojas-GO (Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás) e 30 instituições representativas da sociedade goianiense se reunirão com os vereadores por Goiânia nesta segunda-feira (21), às 16h30, no Auditório do Sindilojas Goiás, para apresentar propostas de melhor arrecadação com base em crescimento e um projeto de lei que busca aperfeiçoar o atual Código Tributário da capital.

A intenção, segundo o presidente do Sindilojas-GO, Eduardo Gomes, é oferecer soluções aos vereadores para que o Código Tributário, ao ser revisado, promova justiça fiscal e social,  desenvolvimento socioeconômico e uma cooperação mais efetiva entre o governo e a sociedade.

“A questão não é só o aumento na cobrança dos impostos, que, para muitos contribuintes, sobretudo empresas, foram reajustados de forma desproporcional. Estamos nos disponibilizando a contribuir com a gestão pública. Afinal, se a administração for eficiente, os resultados chegarão em forma de benefícios, melhorando a qualidade de vida em Goiânia”, explica Eduardo Gomes.

A reunião é uma iniciativa do recém-criado Movimento Desenvolvimentista sobre o Código Tributário de Goiânia, sendo um dos líderes o empresário Ricardo Cantaclaro. “Se tivermos um Código Tributário justo e moderno, o município criará um ambiente de negócios seguro e atrativo, fomentando a geração de empregos e renda, e uma arrecadação tributária que proporcione investimentos da Prefeitura necessários à retomada econômica que tanto necessitamos”, diz Ricardo.

Desde que foi sancionado, em setembro passado, o Código Tributário de Goiânia tem sido muito criticado, principalmente por conta do aumento no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Além disso, contribuintes de todos os portes também têm questionado os novos valores e bases de cálculo de taxas administrativas. Foram reportados ao Sindilojas-GO casos de empresas do comércio, por exemplo, que chegaram a ter mais de 2.000% de aumento na taxa de licença para funcionamento. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s