Sindilojas defende nome de ditador para avenida em Goiânia

O Sindicato do Comércio Varejista de Goiás (Sindilojas) iniciou uma campanha contra a alteração do nome da avenida Castelo Branco, que homenageia um ditador do golpe militar de 1964, para avenida Iris Rezende Machado, uma homenagem ao mais influente político goiano.

“Apesar de reconhecer o legado do ex-governador e ex-prefeito de Goiânia, o Sindilojas-GO e os empresários que têm lojas na Castelo Branco alegam que essa mudança trará prejuízos ao comércio local, irá onerar os cofres públicos e causará desorientação na população, diz a entidade.

O Sindilojas não faz nenhuma referência aos crimes bárbaros praticados durante o governo ditador de Castelo Branco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s