Feira das Minas recebe apoio de Sabrina Garcez para manter atividades

Criada em 2018 pela lojista Pauline Arroyo, a Feira das Minas tem enfrentado uma crise que coloca em risco a continuidade do empreendedorismo feminino. Com o objetivo de impedir que isso aconteça, a vereadora Sabrina Garcez (PSD) está garantindo incentivo e auxílio em trâmites jurídicos.

De acordo com Pauline Arroyo, a problemática se deu inicialmente pela pandemia e se manteve com os aumentos de preços e prejuízos em negociações. “Ficamos um ano e meio paradas na pandemia, a feira foi cancelada e tivemos que devolver o dinheiro por causa do decreto. Quando pudemos retornar, tudo havia aumentado de preço. A saída foi pegar dinheiro emprestado para voltar. Fechamos negociações com parceiros que acabaram não sendo lucrativas. Com esses e vários outros imprevistos, hoje estamos com uma dívida de R$ 6 mil e, se a gente não quitar, muitas meninas serão prejudicadas”, conta. 

Atuante na defesa da autonomia feminina e direitos das mulheres, Sabrina Garcez se dispôs a buscar soluções junto às feirantes para que o empreendimento seja mantido. Além de incentivar a continuidade do projeto, a parlamentar também tem auxiliado em assuntos jurídicos como alvará de funcionamento e adequação de local. “Não podemos permitir que tantas mulheres sejam prejudicadas e fiquem sem fonte de renda. Os efeitos da pandemia na economia são inevitáveis, mas podemos trabalhar juntas para amenizá-los. A Feira das Minas representa dignidade e esperança na vida dessas mulheres e de suas famílias. É para manter isso que estamos lutando”, afirma a vereadora. 

Somando desde a criação, a Feira das Minas conta com mil cadastros, sendo cem expositoras rotativas em cada uma das edições. O segmento da Feira possui produtos diversos como roupas, acessórios, maquiagens, artesanatos, alimentação, dentre outros. O empreendimento gera renda e boa expectativa nas feirantes.

“A Feira das Minas chegou na minha vida como uma salvação. Pouco tempo antes de participar me separei do pai do meu filho com guarda compartilhada, e foi umas das edições que me deu estabilidade e segurança para passar por isso. Sem a feira estaria com muito menos esperança e quase desistindo do meu empreendedorismo. Eu nunca havia feito tantas vendas em apenas um dia! É um ambiente extremamente acolhedor para nós, mulheres”, afirma a feirante Emmanuelle.

Para a chef de cozinha Aline Tomaz, da Materna Cozinha, especializada em alimentação restritiva, orgânica e saudável, a Feira das Minas é muito importante para o empreendedorismo feminino. “É um local onde as mulheres encontram apoio, companheirismo, empatia, sororidade, o que é muito importante para esse público feminino porque é o que muitas vezes falta na sociedade em geral”, diz. “É um espaço de acolhimento que traz junto esse apoio econômico. Tem muitas mães de família, muitas mulheres que tiram seu sustento ali da feira”, conclui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s