Capoeira e Romaria de Carros de Bois serão temas de livros e pesquisas em Goiás

Salvaguardar a tradição, os saberes e os fazeres das comunidades de modo a promover a sua continuidade para as próximas gerações. É com esse objetivo que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) por meio da superintendência em Goiás contratou produção de pesquisas e elaboração de e-books (livros eletrônicos) no valor de R$ 46,6 mil com o foco na transmissão do conhecimento e da promoção do Ofício dos Mestres de Capoeira, da Roda de Capoeira e da Romaria de Carros de Bois da Festa do Divino Pai Eterno de Trindade, reconhecidos como Patrimônio Cultural do Brasil.

O Ofício dos Mestres de Capoeira e a Roda de Capoeira, inscritas no Livro de Registro das Formas de Expressão em 2008, irão receber uma pesquisa de mapeamento do território, em formato de mapas georreferenciados da existência de grupos e suas origens, buscando identificar a filiação dos principais mestres da região metropolitana de Goiânia (GO) e do entorno.

A pesquisa exigirá o deslocamento dos pesquisadores dentro do perímetro delimitado de Goiânia e da região do entorno, que abrange os municípios de Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Goianápolis, Goianira, Guapó, Leopoldo de Bulhões, Nerópolis e Trindade, para a execução do mapeamento e a genealogia dos mestres e grupos de capoeira.

“Além de auxiliar na transmissão dos saberes, essa contratação vai contribuir para a percepção mais ampla sobre a capoeira no território estudado, na medida em que os movimentos migratórios de mestres, que carregam consigo sua prática, influenciam os modos de difusão da Capoeira nos estados, permitindo assim compreender a história da Capoeira em Goiás”, explica a historiadora do Iphan-GO, Renata Galvão.

Já a Romaria de Carros de Bois da Festa do Divino Pai Eterno de Trindade, bem cultural registrado em 2016, vai receber um manual em formato de e-book, explicando o modo de fazer dos carros de bois. Para a construção deste material, a empresa contratada vai executar uma pesquisa, contatando os carreiros detentores dos saberes, para coletar as informações e produzir um texto descritivo sobre o modo de fazer dos carros de bois.

A elaboração do material prevê entrevistas com os carreiros, com possibilidade de serem realizadas presencialmente, o que geraria a necessidade de deslocamentos, afinal muitos carreiros que são os detentores do modo de fazer os carros de bois não residem na região metropolitana de Goiânia. Contudo, outros dados poderão ser levantados de modo virtual.

A iniciativa da contratação é resultado da articulação entre os mestres, os capoeiristas, os carreiros, os pesquisadores e o Iphan, por meio de reuniões para definição do Plano de Salvaguarda da Capoeira e da Romaria de Carros de Bois da Festa do Divino Pai Eterno de Trindade. Os produtos deverão ser entregues em 434 dias. Diversas outras ações serão desenvolvidas a curto, médio e longo prazos, e servirão de apoio, fomento e disseminação dessas práticas culturais.

O superintendente do Iphan-GO, Allyson Cabral, destaca que “é necessário pensar na transmissão dessas práticas para as futuras gerações. Esses e-books são registros valiosos que vão apoiar a continuidade das práticas culturais, além de atuar na melhoria das condições sociais e materiais de transmissão e reprodução que possibilitam sua existência”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s