Inflação sobre os alimentos é a que mais impacta população do Centro-Oeste

A recente alta da inflação impacta a alimentação e o consumo diário para 64% da população da região Centro-Oeste neste final de 2021. Os dados são da mais recente pesquisa Radar Febraban sobre a economia e o consumo, que entrevistou três mil pessoas em âmbito nacional.

Abastecer o tanque também está pesando no bolso. A segunda maior preocupação da população do Centro-Oeste sobre a inflação neste final do ano é a alta do preço dos combustíveis (53%).

O levantamento foi realizado no período de 19 a 27 de novembro. Indagados sobre o que fariam com eventuais sobras do orçamento, os entrevistados responderam que preferem investir em imóveis (26%), reformar a casa (20%) ou aplicar em outros investimentos (20%).

“A pesquisa mostra que a inflação volta a ter um peso relevante na opinião pública, à medida que afeta diretamente na compra e na qualidade de vida da população. Por outro lado, sugere também que o desejo dos consumidores é por investimentos considerados conservadores”, aponta o cientista político e sociólogo Antonio Lavareda, presidente do Conselho Científico do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), responsável pela pesquisa.

Maioria dos jovens aprova o PIX

O uso do PIX caiu no gosto da população. Desde a sua implantação, há um ano, a aprovação dessa modalidade eletrônica de pagamentos e transferências financeiras atingiu 84% na região Centro-Oeste.

Cerca de 68% das pessoas usam o PIX, e a ferramenta oferecida pelos bancos é a considerada a mais segura do mercado por 38% dos usuários. A percepção sobre a segurança do PIX por meio dos bancos leva vantagem sobre a das fintechs (21%).

Os números indicam que a média de utilização e aprovação do PIX no Centro-Oeste é ligeiramente inferior à média do Brasil.

Em nível nacional, a pesquisa revela que a aprovação do PIX subiu nos últimos meses: passou de 76%, no início das operações, para 85%, e já tem a adesão de 71% dos brasileiros.

Entre os jovens de 18 a 24 anos, a aprovação ao PIX alcança quase a totalidade dos respondentes (99%).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s