Hospital Estadual Centro-Norte Goiano realiza 46 internações na primeira semana

Na primeira semana de funcionamento com perfil assistencial especializado em média e alta complexidade, o Hospital Estadual Centro-Norte Goiano (HCN), localizado no município de Uruaçu, realizou 46 internações, dentre elas três na ala de pediatria e nove na clínica geral. Aberto para atendimento em 1º de dezembro, o mais novo equipamento de saúde do Governo do Estado de Goiás também recebeu pacientes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A região de Uruaçu tem mais de 300 mil habitantes. Antes da inauguração, as pessoas que precisavam de auxílio médico de urgência e emergência viajavam até quatro horas para conseguir assistência adequada.

“Esse hospital vai transformar a saúde do centro-norte goiano. Os atendimentos realizados nesta primeira semana deram uma ideia da dimensão e da capacidade do Gigante do Norte. Estamos muito felizes em fazer parte dessa nova página da história de Uruaçu”, disse Getro de Oliveira Pádua, diretor do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED, organização social que administra o HCN.

Uma das pacientes atendidas pelo HCN neste período foi a pequena Isabella Barbara Lopes Santos, de apenas oito meses. Com um quadro de desidratação, foi a primeira criança a ser internada na ala de pediatria. Com uma boa recuperação, ela recebeu alta no último domingo (5) e voltou para casa com seu pai, Marcos Vinícius Santos Neto.

Ainda nesta semana, doze pacientes passaram por cirurgias gerais. Todos eles foram encaminhados à unidade pelo Complexo Regulador em Saúde de Goiás (CRE), responsável por intermediar os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). Antes dos procedimentos, eles passaram por consulta e exames para avaliação pré-operatória e foram internados um dia antes da realização dos procedimentos para monitoramento clínico.

Estrutura Hospitalar

O Hospital do Centro-Norte Goiano (HCN) possui 35 mil metros quadrados de área construída e está situado em uma área total de 63 mil metros quadrados. São 238 leitos gerais e 45 complementares, inclusive com UTIs adultas, pediátricas e neonatais. Há, ainda, 10 salas cirúrgicas, 14 leitos de recuperação e unidade de coleta e transfusão (UCT). 

A implantação das especialidades médicas será feita gradativamente. Neste primeiro momento, funcionarão o pronto-socorro, internações em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), atendimento ambulatorial com consultas agendadas e exames. Na sequência, outras especialidades cirúrgicas, maternidade de alto risco e tratamento para o câncer.

Um dos maiores e mais modernos hospitais do Complexo Estadual de Serviços de Saúde de Goiás oferecerá atendimento em especialidades como cardiologia, ginecologia, hematologia, infectologia, otorrinolaringologia, ortopedia e angiologia. Além disso, o HCN possui um tomógrafo de 64 canais, aparelhos de raio-X e ultrassonografia, entre outros equipamentos de última geração para a realização de diagnósticos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s