Confiança caiu em 22 de 30 setores industriais, aponta CNI

Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) caiu em 22 dos 30 setores industriais consultados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em outubro. Apesar disso, o indicador de todos os setores segue acima dos 50 pontos, em uma sinalização de que os empresários de todos os setores se mostram confiantes. O índice varia de 0 a 100 pontos, com uma linha de corte em 50, o que divide a confiança da falta de confiança.

De acordo com a economista da CNI, Larissa Nocko, o que puxou a queda dos setores foi a piora na percepção sobre as condições atuais da economia e da empresa. “As expectativas para os próximos seis meses continuam positivas, por isso o ICEI de todos os setores se mantêm acima dos 50 pontos”, explica Larissa.

Os setores com as maiores quedas de confiança em outubro foram: Outros equipamentos de transporte, o ICEI do setor passou de 58,1 para 53,9 pontos entre setembro e outubro; Celulose, papel e produtos de papel, que caiu de 58,4 para 55,5 pontos; e Serviços especializados para construção teve queda de 56,8 para 54,2 pontos no mesmo período.

Os setores com os avanços mais significativos de confiança foram: Couro e artefatos de couro, que subiu de 56,1 em setembro para 60,7 pontos em outubro; Impressão e reprodução de gravações, que passou de 55,1 para 57,1 pontos entre um mês e outro; e Móveis, que teve um acréscimo de 1,9 ponto na confiança. O índice saiu 54,7 pontos para 56,6 pontos.

Foram consultadas 2.413 empresas, entre elas, 961 de pequeno porte, 890 de médio porte e 562 de grande porte, entre 1º e 15 de outubro de 2021.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s