Gaeco deflagra operação Old School para apurar corrupção na antiga Agetop

O Ministério Público de Goiás (MP-GO), por intermédio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou na manhã desta sexta-feira (30) a Operação Old School para dar cumprimento a 21 mandados de busca e apreensão com a finalidade de apurar crimes de corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, organização criminosa e lavagem de dinheiro, praticados por servidores públicos da antiga Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (Agetop) e empresários do ramo da construção civil.

O procedimento investigatório está relacionado a dez obras públicas executadas por diversas construtoras contratadas pela agência com pagamento de quase R$ 400 milhões (em valores não atualizados).

Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 2ª Vara Estadual dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa e Lavagem ou Ocultação de Bens Direitos e Valores, nas cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Senador Canedo.

Foto: Reprodução TV Anhanguera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s