Filhos de mães menores de idade terão prioridade em Cmeis

Os vereadores aprovaram em segunda e última votação na terça (13) projeto de autoria da vereadora Aava Santiago (PSDB) que torna prioritária as vagas disponíveis nas instituições municipais de educação infantil às crianças com mães menores de 18 anos que estejam estudando regularmente. A mãe adolescente também deverá apresentar, semestralmente, um comprovante de frequência escolar que contenha a assiduidade de, no mínimo, 75% das aulas. 

O projeto também inclui como prioritária as crianças com deficiência, além das que têm família monoparental ou em que todos os membros estejam trabalhando formal ou informalmente. 

Aava comentou que muitas mães, especialmente aquelas de famílias monoparentais, não têm familiares ou recursos suficientes para deixar seus filhos aos cuidados de terceiros, agravando a situação do desemprego. “A priorização das vagas aos filhos dessas mulheres é necessária para que elas consigam manter o lar e garantir o sustento próprio e dos filhos”, disse ela. 

“Já as mães adolescentes tendem a deixar a escola por causa do filho porque não tem com que deixá-lo. É primordial diminuir as dificuldades de abdicar a vida escolar, visando o desenvolvimento educacional e profissional da mãe”, acrescentou a vereadora.

Foto: Alberto Maia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s