7 mitos e verdades sobre clareamento dental; você vai se surpreender com o número 6

De acordo com a Sociedade Brasileira de Odontologia e Estética (SBOE), o Brasil é considerado o segundo país que mais realiza procedimento estético odontológico no mundo. Entre 2015 e 2019, a busca por procedimentos em odontologia estética triplicou. Dentre todos os procedimentos disponíveis pelo mercado, o clareamento dental é o mais requisitado.

E, segundo a última pesquisa da Technavio, apoiada na extensa procura pelo procedimento durante a pandemia de covid-19, o mercado global de clareamento dental deve atingir um crescimento de 840 milhões de dólares nos próximos anos. As previsões são de um aumento anual de 4% durante 2020-2024.

Apesar da alta demanda, o clareamento dental ainda gera uma série de dúvidas. Abaixo, você confere os principais mitos e verdades sobre o procedimento, segundo a Dra. Kamila Godoy, cirurgiã-dentista, membro da Associação Brasileira de Ortodontia, da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética e especialista em ortodontia e harmonização orofacial pelo Miami Anatomical Research Institute.

1 – Clareamento dental danifica os dentes

Mito. O dente pode ficar mais sensível, mas não poroso ou enfraquecido de forma permanente. Os poros ou canalículos ficam abertos para que o gel clareador libere as moléculas de pigmento. Porém, o procedimento não corrói o esmalte do dente e essa sensibilidade tende a diminuir após o tratamento.

2 – As restaurações mudam de cor

Mito. O que muda de cor é o dente natural. O material clareador não é capaz de alterar a cor das restaurações e próteses dentárias. Sendo assim, após o clareamento é necessário fazer a troca de restaurações e próteses que aparecem durante o sorriso.

3 – Todo mundo pode fazer clareamento dental

Mito. O procedimento não é indicado para mulheres grávidas ou que estejam amamentando, pacientes com hipersensibilidade ao medicamento, indivíduos com doença periodontal e presença de muitas restaurações estéticas e/ou retrações gengivais. O clareamento também é contraindicado para crianças de até 12 anos.

4 – Alguns alimentos são proibidos durante o tratamento

Verdade. Hoje, a ciência diz que não é preciso interromper o uso de café, por exemplo. Mas é importante tomar cuidado com alimentos ácidos ou com corantes intensos. Refrigerantes à base de cola, beterraba, chocolate e chá preto, se consumidos frequentemente, podem interferir na durabilidade do tom alcançado no procedimento. Por isso, mesmo após o tratamento, é indicado sempre tomar cuidado com o que é ingerido. É recomendado também evitar os cigarros, já que podem causar manchas nos dentes.

5 – Cremes dentais funcionam como clareadores

Mito. Os cremes dentais possuem pouco agente clareador em sua fórmula e por isso não são capazes de exercer essa função. Porém, as pastas de dentes que são tidas como “branqueadoras” ou “clareadoras” possuem mais agentes abrasivos do que as comuns e podem retirar manchas superficiais que tornam o dente mais branco, às custas também de desgaste do esmalte dentário.

6 – O clareamento em consultório é mais eficaz do que o feito em casa

Mito. O gel utilizado no consultório é mais concentrado, por isso, oferece um resultado mais rápido. Porém, quando o tratamento é feito em casa, o dente fica mais tempo em contato com o produto e acaba deixando-o mais branco por mais tempo. “O ideal é mesclar os dois procedimentos, realizando as sessões no consultório e usando a moldeira em casa. Entretanto, esse tratamento caseiro pode ser indicado apenas pelo cirurgião-dentista”, aconselha Kamila Godoy.

7 – Bicarbonato de sódio clareia os dentes

Em partes. O bicarbonato é uma substância abrasiva e pode retirar manchas da superfície do dente, o que causa a leve impressão de clareamento. No entanto, o uso do produto deve ser feito apenas em consultório, quando indicado, pois pode danificar os dentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s