Fiscais de Aparecida encerram festa clandestina com mais de 350 pessoas

Dando continuidade à operação de fiscalização aos finais de semana em Aparecida, a força-tarefa formada por fiscais da Semma (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade), Vigilância Sanitária, Regulação Urbana, Fazenda e Guarda Civil Municipal percorreu a noite de sábado (10), atendendo denúncias de moradores. Uma das ações encerrou uma festa clandestina que era realizada no campo de futebol do Jardim Dom Bosco, onde 350 pessoas participavam de um baile funk.

No local foram apreendidos 6 carros com som automotivo por perturbação do sossego e 44 pessoas foram multadas em R$ 111 cada ao serem flagradas sem uso de máscara e cinco motos com documentação irregular foram apreendidas e levadas para o pátio da SMTA. “Chegamos ao local após denúncia de moradores da região incomodados com som alto e aglomeração de pessoas em meio à pandemia do Coronavírus. A denúncia é de que haviam 350 pessoas entre jovens e adolescentes no local, mas quando os fiscais chegaram, a maioria conseguiu sair do local, e foram multados 44 por não uso de máscara”, comentou o secretário executivo do Gabinete de Segurança Institucional, Davi Lorero.

Ao todo, a fiscalização encerrou 4 festas clandestinas na noite deste sábado para domingo e interditou 2 estabelecimentos comerciais por falta de alvará, dos 48 vistoriados. Uma das festas era realizada em um espaço de eventos na Chácara São Pedro, onde 34 pessoas foram multadas por não uso de máscara e o local foi multado em R$ 3,4 mil. “Recebemos muitas denúncias pelos canais de fiscalização, mas nossa equipe de inteligência também está atenta às redes sociais, que é onde as festas são anunciadas. As pessoas precisam ter consciência, pois a pandemia não acabou. E a fiscalização de Aparecida atua firme para conter a transmissão da Covid-19 na cidade”, pontuou ainda o secretário, que é coordenador geral da força-tarefa.

Fiscalização

Caso o morador flagre alguma irregularidade ou descumprimento das regras sanitárias, pode acionar as equipes de fiscalização pelos canais de denúncia: 3545-5992 ou 153; além dos números 3238-7216 ou 98459-1661 para perturbação do sossego público.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s