Hugol promove conscientização pelo Dia Mundial do Doador de Sangue

Em comemoração ao Dia Mundial do Doador de Sangue, 14 de junho, o Banco de Sangue do Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) reforça suas atividades de conscientização sobre a importância do tema, em segmento às ações que já vêm sendo realizadas durante todo o mês como parte da campanha Junho Vermelho, dentre elas, a fachada iluminada nessa cor em alusão à importância da doação de sangue.

“Este é um mês em que damos ênfase à importância da doação de sangue. E, com a colaboração maior dos doadores, conseguimos uma manutenção mais segura dos nossos estoques. Durante a pandemia, tivemos uma grande diminuição de doadores, e a necessidade de sangue tem aumentado na mesma proporção da quantidade de pacientes que o hospital tem recebido”, declarou o supervisor da Unidade de Coleta e Transfusão do Hugol, Adriano Arantes.

“É um momento de pensar no coletivo e de unir forças para superarmos esse momento, então, pedimos que venham até o hospital e doem sangue e nos ajudem com essa ação extremamente importante”, conclamou ainda o supervisor.

Wesley da Costa, doador do Banco de Sangue da unidade do Governo de Goiás, expressou sua opinião sobre a importância da doação: “Sempre que tenho oportunidade, venho doar sangue, pois essa é uma forma de salvar vidas e ajudar ao próximo. Mesmo em tempo de pandemia devemos continuar com esse ato altruísta, pois nesse momento, mais do que nunca, existem pessoas que estão precisando e que não podem esperar”.

Agendamento prévio
Para garantir a segurança dos doadores que se propuserem a esse ato de solidariedade, a Unidade de Coleta e Transfusão do hospital está realizando o agendamento prévio para evitar aglomerações e agilizar a doação, por meio dos telefones 62 3270-6661 e 62 3270-6662. 

Os requisitos básicos para passar pela entrevista pré-doação são: estar saudável, ter peso acima de 50 kg, apresentar documento com foto válido em todo o território nacional e idade entre 16 e 69 anos – antes de completar 18 anos, é necessária uma autorização dos pais ou responsáveis e, se acima de 60 anos, orientamos evitar a doação durante esse período. 

Quem tomou a vacina da febre amarela deve aguardar 30 dias para ser doador. E quem apresenta sintomas gripais ou de resfriado não deve doar sangue no momento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s